63 crianças e adolescentes de Uchoa com problemas de visão recebem óculos de graça

Posted by at 10:50 Comments Print

Em cerimônia realizada na noite desta última quarta-feira (13/12/2017), 63 crianças e adolescentes de Uchoa receberam óculos de graça no encerramento do Projeto Novos Olhares, parceria do Rotaract Club São José do Rio Preto – Palácio das Águas.

As 63 crianças e adolescentes são alunos da rede pública municipal que foram diagnosticadas com problemas de visão, entre 540 alunos da Escola Municipal Professora Hermínia Rodrigues Mafra, de Uchoa. Destes, 210 estudantes foram encaminhados a um hospital particular de Rio Preto para exames, pois apresentavam suspeita de ter algum problema de visão, dos quais, 63 precisaram usar óculos.

A cerimônia contou com a presença de familiares dos alunos, diretores e professores da escola e do prefeito de Uchoa, Will Carvalho, além de representantes do Rotaract Clube e do hospital.

Segundo o vice-presidente do Rotaract, Leonardo Fibla Cabral, o projeto visa um benefício futuro a estas crianças. “Isso muda uma geração. Crianças carentes que tem dificuldade de visão e que talvez nunca seriam diagnosticadas ou que talvez não teriam condições de comprar um óculos, recebem este benefício e conseguem ter um futuro melhor”, destaca.

Segundo a oftalmologista, Thaissa Faloppa Duarte, o teste de acuidade é fundamental para garantir a saúde ocular da criança durante a capacitação. “A visão se desenvolve até os 7 anos de idade, portanto, este é o período da vida para se diagnosticar e tratar qualquer problema”.

“Eu sentia dor de cabeça todos os dias e agora consigo enxergar melhor a matéria na lousa”, diz o aluno Leonardo Pereira Sanches, do sétimo ano.

Projeto Novos Olhares iniciou em escola de Rio Preto

O resultado da primeira etapa do projeto Novos Olhares evidencia o quanto é fundamental o teste de acuidade visual e a consulta ao oftalmologista. Em março deste ano, o projeto se iniciou na escola da Associação Anjos da Guarda, situada no bairro Jardim Nazareth, em Rio Preto.

Dos 128 alunos que fizeram o teste visual, 32 foram encaminhados para exames clínicos. Destes, 23 precisaram usar óculos, ou seja, 18% do total de estudantes da Associação.

(Foto: Divulgação)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts